• Abertura de Mercados
    Mercados em leve queda aguardado dados da actividade industrial
    Fonte: Banco Invest
    230418
    Os mercados europeus abriram em leve queda no dia que será revelado a actividade industrial tanto na Zona Euro como nos Estados Unidos, em Abril. A Moody’s manteve Portugal no "lixo", no entanto o DBRS subiu o "rating" em um nível. Hoje a dona da Google, a Alphabet, vai revelar os resultados do primeiro trimestre, depois do fecho do mercado norte-americano.

    Na Ásia, o índice Nikkei 225 fechou a cair 0,33% e as praças chinesas também desceram.

    As principais bolsas norte-americanas encerraram no vermelho apesar dos resultados da General Electric e Honeywell terem superado as expectativas. A queda das petrolíferas e as acções da Apple com as perspectivas fracas em relação à venda de smartphones penalizaram a negociação.
     
    Dados Macroeconómicos:

     09h00: Índice PMI Markit Zona Euro (Abril)

     14h45: Índice PMI Markit EUA (Abril)

     15h00: Vendas de Casas Usadas (Março)


    Eventos:

     15h00: Discurso de Coeure, membro do BCE


    Resultados:

     Pharol (DF)

     UBS Group (05h45), Koninklijke Philips (06h00)

      Hasbro (AA), Halliburton (11h45), Alphabet (DF), Whirlpool (21h30)


    Estes são os principais destaques da imprensa hoje:

     Câmaras atingidas por incêndios sem planos de defesa

     Governo aposta em economistas para rever benefícios fiscais

     Banca: Lucros do BPI regados a Super Bock

     Finanças: FMI vai ser mais intrusivo nos países que ajuda;

     Santa Casa da Misericórdia de Lisboa - Governo guardou durante 20 meses auditoria muito crítica para Santana Lopes

     "Vice do PSD defende fim do corte no salário dos políticos

     Rendas Precárias. Maioria dos contratos já são de apenas um ano

     Deputados quase duplicam salário com extras

  • Agenda Semanal
    23 a 27 Abril 2018
    Fonte: Banco Invest
    AGENDA

    O destaque da próxima semana será a reunião de política monetária do Banco Central Europeu onde não se aguarda nenhuma alteração nas taxas de juro. Os investidores estarão atentos a pistas que Mario Draghi possa deixar sobre o delicado caminho da retirada dos estímulos no seu habitual discurso após a reunião.

    A época de resultados entra em pleno vapor com 39% das empresas do índice S&P 500 a reportarem as suas contas do 1º trimestre de 2018. 

    A nível macroeconómico será revelado o índice de gestores de compras (PMI) de Markit no mês de Abril, tanto na Zona Euro como nos Estados Unidos. Aguarda-se também a divulgação do Produto Interno Bruto dos EUA no primeiro trimestre de 2018.

    Estes são os principais eventos:

    Segunda-feira, 23 de Abril 2018

    • 09h00: Índice PMI Markit Zona Euro (Abril)
    • 14h45: Índice PMI Markit EUA (Abril)
    • 15h00: Discurso de Coeure, membro do BCE
    • Apresentação resultados Europa: Koninklijke Philips (06h00)
    • Apresentação resultados EUA: Hasbro (AA), Halliburton (11h45), Alphabet (DF), Whirlpool (21h30)

    Terça-feira, 24 de Abril 2018

    • 09h00: Índice IFO Alemanha (Abril)
    • 10h00: Discurso de Villeroy, membro do BCE
    • Assembleia Geral da Altri
    • Discussão do Programa de Estabilidade 2018/2022 de Portugal no Parlamento 
    • Apresentação resultados Europa: SAP (AA), Enagas (AA), Banco Santander (AA), Akzo Nobel (06h00), Iberdrola (16h30)
    • Apresentação resultados EUA: Xerox, Harley-Davidson (AA), Biogen (AA), Eli Lilly (11h25), Coca-Cola (11h55), Verizon Communications (12h30), 3M (12h30), Caterpillar (12h30), Texas Instruments (21h00), Wynn Resorts (DF)

    Quarta-feira, 25 de Abril 2018

    • 08h00: Discurso de Villeroy, membro do BCE
    • 15h30: Reservas semanais de energia EUA 
    • Apresentação resultados Europa: STMicroelectronics (AA), Red Electrica (AA), Deutsche Boerse, Abertis Infraestructuras (AA), Lloyds Banking Group, Credit Suisse Group (06h00), Linde (06h30), GlaxoSmithKline (12h00) 
    • Apresentação resultados EUA: Boeing (AA), Comcast (12h00), Visa (DF), Qualcomm (DF), AT&T (21h01), Facebook (21h05), PayPal Holdings (21h10), Chipotle Mexican Grill (21h10), eBay (21h15), Ford Motor (22h30)

    Quinta-feira, 26 de Abril 2018

    • 12h45: Decisão da taxa de juro do Banco Central Europeu
    • 13h30: Discurso de Mario Draghi, presidente do BCE
    • Apresentação resultados Portugal: Jerónimo Martins (AA), Teixeira Duarte
    • Apresentação resultados Europa: Bolsas y Mercados Espanoles, Volkswagen, Viscofan, Orange, Deutsche Bank, Bankinter, NOKIA (06h00), Koninklijke KPN (06h30), Telefonica (06h30), Banco de Sabadell (06h30), Deutsche Lufthansa (06h30), Barclays (07h00), Total (07h00), Royal Dutch Shell (07h00), Gas Natural (08h00), Shire (12h00)
    • Apresentação resultados EUA: PepsiCo (11h00), Time Warner (AA), American Airlines Group (AA), Southwest Airlines (11h30), General Motors (12h30), Intel (21h00)

    Sexta-feira, 27 de Abril 2018

    • Decisão da taxa de juro do Banco de Japão
    • Reunião informal do Eurogrupo
    • Reunião entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul
    • 00h30: Inflação e Vendas a Retalho Japão (Abril)
    • 06h30: PIB e Inflação França (1º trimestre)
    • 08h00: PIB (1º trimestre), Inflação e Vendas a Retalho Espanha (Abril)
    • 09h30: PIB Reino Unido (1º trimestre)
    • 13h30: PIB EUA (1º trimestre)
    • Apresentação resultados Portugal: Galp Energia (AA)
    • Apresentação resultados Europa: MaPfre, CaixaBank, Bankia, Eni (AA), Airbus (05h30), Daimler (06h30), Sanofi (06h30), Royal Bank of Scotland Group (07h00)
    • Apresentação resultados EUA: Royal Caribbean Cruises, Cabot Oil & Gas Corp (AA), Moody's (AA)
  • Petróleo
    Produção de petróleo pode voltar a crescer antes fim do ano
    Fonte: Bloomberg
    opep1
    Os produtores de petróleo da OPEP e os seus aliados poderão começar a aumentar a produção antes do final do ano, disse o ministro de Energia da Rússia, Alexander Novak, em contraste com um comentário recente da Arábia Saudita.

    Os membros da OPEP e os seus parceiros, liderados pela Rússia, reduziram a produção em 1,8 milhões de barris por dia desde Janeiro de 2017, depois de firmado um acordo que deverá ser concluído até o final deste ano.

    O acordo ajudou a subir os preços do petróleo para um patamar superior a $74 o barril, o maior patamar desde Novembro de 2014, e reduzir os inventários nos países industrializados da OCDE.
  • Banco de Inglaterra
    Probabilidade de aumento nas taxas de juros pelo BoE em Maio desce para 56%
    Fonte: Bloomberg
    boe
    A libra esterlina voltou a negociar em mínimos de duas semanas face ao dólar hoje, após comentários do governador do Banco da Inglaterra e fracos dados sobre as vendas a retalho britânico ontem.

    Mark Carney, governador do Banco da Inglaterra, reduziu ontem as expectativas generalizadas de um aumento nas taxas de juros em Maio, salientando que também há "outras reuniões" este ano. 

    A probabilidade de um aumento nas taxas de juros pelo Banco de Inglaterra em Maio desceu para 56% de 82% na Quinta-feira.
  • Europa
    Bolsas europeias sobem pela quarta semana seguida com telecoms em alta
    Fonte: Bloomberg
    stxx600

    Hoje o destaque vai para o sector das telecomunicações depois da apresentação de resultados da Ericsson que superaram as previsões. A empresa de telecomunicações apresentou um lucro operacional ajustado de SEK 900 mn, superando as previsões dos analistas que previam prejuízos de SEK 617,1 mn. As receitas líquidas trimestrais foram SEK 43,4 mil mn, ligeiramente aquém dos SEK 43,64 mil mn estimados pelo mercado. A empresa apresentou uma margem bruta ajustada de 35,9% acima dos 32,7% previstos.

    A empresa multinacional sueco-finlandesa de telecomunicações, Telia também apresentou resultados ligeiramente acima do esperado e anunciou um plano de recompra de acções de SEK 15 mil mn ao longo de três anos.

    Pela negativa, o fabricante de chips ASM International apresentou resultados aquém do esperado que está a pesar nos seus concorrentes STMicro, Infineon, ams, ASML e BE Semiconductor.

    O maior produtor mundial de produtos de limpeza, Reckitt Benckiser apresentou um aumento de vendas comparáveis de 2% no primeiro trimestre, aquém dos 2,6% previstos pelos analistas. A empresa reiterou as suas perspectivas para o resto do ano de aumentos de receitas de +2% a +3%.
  • Abertura de Mercados
    Mercados europeus na linha de água com foco nos resultados
    Fonte: Banco Invest
    200418
    Os mercados europeus abriram na linha de água no dia que o Eurostat divulga a confiança dos consumidores na Zona Euro, em Abril, que deverá ter desacelerado face ao mês anterior. 

    A Moody’s também deverá anunciar hoje a retirada do "rating" de Portugal de um nível de lixo. Esta agência de notação financeira é a única entidade que ainda avalia a dívida nacional com um nível especulativo, com uma classificação de "Ba1" e uma perspectiva positiva.

    Na Ásia, o índice Nikkei 225 fechou a cair 0,13% e as praças chinesas encerraram em queda com as acções tecnológicas asiáticas penalizadas pelo alerta sobre a fraca procura por smartphones pela maior fabricante de chips do mundo.

    As principais bolsas norte-americanas encerraram em terreno negativo pressionadas pela queda de 16,3% das acções da maior tabaqueira do mundo, Philip Morris, que teve uma receita excluindo impostos de $6,9 mil mn, abaixo das expectativas dos analistas. As acções da Procter & Gamble também caíram quase 5% após ter anunciado que vai comprar a unidade de saúde do consumidor da Merck por $4,2 mil mn. A Apple também caiu mais de 2% com as previsões desfavoráveis para o 2º trimestre da Taiwan Semiconductor Manufacturing.

    Dados Macroeconómicos:

     00h30: Inflação (Março)

     07h00: Índice de Preços no Produtor (Março)

     15h00: Confiança dos consumidores (Abril)


    Eventos:

      09h30: Assembleia Geral do Banco BPI

     11h00: Assembleia Geral do Toyota Caetano

     14h40: Discurso de Evans, membro da Fed

     Moody's e DBRS avaliam a dívida soberana portuguesa


    Resultados:

     Ericsson (06h30)

     General Electric (AA), Stanley Black & Decker (AA)


    Estes são os principais destaques da imprensa hoje:

     PS propõe quotas para rendas acessíveis nas operações urbanísticas

     Portugal com margem para reduzir prémio de risco na dívida

     Renováveis ajudam preços da luz a descer

     Governo admite tirar até 100 milhões às câmaras

     Aproximação ao centro agita ala esquerda do PS

     Governo impõe limites máximos aos preços na ADSE

     Escolas: 5 mil auxiliares ainda sem resposta sobre entrada nos quadros

     Educação: Milhares de precários sem concurso à vista

     122 empresas de têxtil e calçado faliram em três meses

  • Estados Unidos de América
    Índices norte-americanos em queda pressionados pelos fabricantes de chips
    Fonte: Banco Invest
    us1904
    • American Express (AXP): A empresa apresentou no 1º trimestre um lucro por acção de $1,86  acima dos $1,71 esperados pelos analistas. As receitas ascenderam a $9,72 mil mn, acima das estimativas de $9,51 mil mn. A empresa reiterou a projecção de lucros por acção no limite superior do intervalo de $6,9 – $7,3.

    • Bank of New York Mellon (BK): O banco americano apresentou um lucro de $1,10 por acção acima de $0,96 esperados pelos analistas. As receitas subiram 8,7% para $4,18 mil mn.

    • Kinder Morgan Inc (KMI): A empresa apresentou um lucro de $0,22 por acção vs. $0,21 esperados. A empresa vai aumentar o seu dividendo para $0,20 por acção de $0,125 no ano passado.

    • Alcoa (AA): A empresa apresentou um lucro trimestral por acção de $0,77 acima dos $0,70 previstos. As receitas saíram em linha com as previsões.

    • Amazon (AMZN): Jeff Bezos, o presidente-executivo da Amazon anunciou que o serviço Prime atingiu os 100 milhões de subscritores pagos. 

    • Apple (AAPL)/Nvidia (NVDA): A Taiwan Semiconductor, a maior fabricante de "chips" do mundo, reduziu a sua própria previsão anual devido à menor procura por "smartphones" e cortou a sua previsão para o crescimento da indústria global de semicondutores este ano. 

    • Procter & Gamble (PG): A maior fabricante de produtos de consumo do mundo apresentou um lucro trimestral por acção de $1 acima do esperado pelos analistas de $0,98. As receitas subiram 4,3% para $16,28 mil mn superando as expectativas de $16,21 mil mn.

    • Philip Morris International (PM): A tabaqueira apresentou um lucro por acção de $1 superando as previsões de $0,90. No entanto as receitas foram $6,9 mil mn aquém do esperado de $7,02 mil mn.
  • Mercado Cambial
    Será que o EUR/CHF vai ultrapassar 1,20?
    Fonte: Bloomberg
    eurchf
    A última vez que o euro valia 1,20 francos suíços foi no dia 15 de Janeiro de 2015, às 10:29.

    Um minuto depois, o Banco Central Suíço decidiu abolir o câmbio fixo, uma medida que havia sido adoptada em Setembro de 2011 para evitar uma apreciação exagerada da moeda nacional frente ao euro.

    Em alguns minutos, a moeda europeia depreciou para atingir o seu mínimo histórico de 0,85 francos suíços. Nos meses seguintes, a taxa de câmbio estabilizou-se entre 1,05 e 1,08 francos suíços. Hoje a cotação chegou novamente aos 1,1999 francos suíços. 
  • Serviços Streaming
    Netflix investe $1 mil mn em conteúdos europeus este ano
    Fonte: Ycharts
    netflix

    A Netflix tenciona aumentar o seu investimento em conteúdos europeus este ano, tendo estipulado um plano de investimento que ascende $1 mil mn para produções originais este ano. Este investimento representa mais do dobro do realizado em 2017.

    A Disney vai concorrer com a Netflix lançando o seu próprio serviço de "streaming". A empresa deve estrear com filmes tais como "Toy Story 4", "Frozen 2" e o filme "live-action" de O Rei Leão, além de oferecer séries exclusivas.

    • Há 10 anos: A capitalização bolsista da Disney era 25 vezes maior que a Netflix
    • Há 5 anos: ago: Disney era 12 vezes maior
    • Hoje: 1,05 vezes maior

    Será que a Disney vai conseguir colocar a supremacia da Netflix em risco?
  • Mercados Accionistas
    Maior correlação desde crash '87
    Fonte: FT
    cor

    A correlação de três meses das acções do índice S&P 500 subiu de 9% em Janeiro para 52%. Esta é a maior subida desde o "crash" de Black Monday em 1987, segundo a Goldman Sachs.

    O retorno das correlações foi impulsionado pela turbulência dos mercados em Fevereiro e Março. A conclusão que se pode retirar é que as acções tendem a mover-se em uníssono quando os investidores estão mais nervosos. 

    Outro factor é que os investidores também estão a investir mais em fundos passivos que quando negoceiam compram todas as acções de um índice de uma só vez, em comparação com a gestão activa que escolhe as acções em que pretende comprar para os seus fundos.
  • Europa
    Mercados europeus mistos com resultados empresariais em destaque
    Fonte: Banco Invest
    europanew
    • Publicis (PUB FP): A empresa de publicidade francesa apresentou um crescimento das receitas de 1,6%, impulsionado pela assinatura de novos contratos que inclui clientes como a Mercedes Benz e a Marriot International.

    • ABB (ABBN SW): A empresa suíça de produtos industriais e de automação apresentou receitas de $8,63 mil mn superando as previsões dos analistas de $8,43 mil mn. O lucro líquido foi $572 mn ligeiramente aquém do esperado de $584 mn. A empresa espera que a transacção com a GE Industrial Solutions esteja fechada no próximo trimestre.

    • Edenred (EDEN FP): A empresa francesa apresentou receitas de €332 mn no 1º trimestre aquém das previsões dos analistas de €327 mn. A empresa definiu como objectivos anuais um crescimento comparável de 7% nas receitas operacionais, um aumento de 9% no EBIT e um crescimento de fundos de operações acima de 10%.

    • Merck (MRK GY): A Procter & Gamble ofereceu €4,2 mil mn à empresa alemã pela sua unidade de artigos para consumo.

    • BHP Billiton (BLT LN): A empresa apresentou uma produção de 67 milhões de toneladas de minério de ferro no 3º trimestre aquém do esperado pelos analistas de 69 milhões de toneladas. A empresa reviu em baixa a estimativa de produção anual de minério de ferro.

    • Accor (AC FP): A cadeia de hóteis francesa reportou um crescimento de 9,5% nas receitas comparáveis no 1º trimestre de 2018. As vendas da atingirem os €633 mn acima do esperado pelos analistas de €456 mn.

    • Nestlé (NESN SW): As vendas da empresa suíça no 1º trimestre cresceram 2,80% superando as estimativas dos analistas de 2,5%. Este incremento deveu-se às vendas realizadas durante as celebrações do novo ano Chinês.

    • Pernod Ricard (RI FP): As receitas no primeiro trimestre atingiram €1,98 mil mn acima dos €1,96 mil mn esperado. A empresa propôs para aprovação na Assembleia anual de accionistas que terá lugar em Novembro um aumento do rácio payout de 33% para 50% para os próximos 3 anos.

    • Unilever (UNA NA): A empresa apresentou um crescimento de 3,4% no 1º trimestre e propõe com programa de recompra de acções no valor de €6 mil mn e dividedno trimestral de €0,3872/acção.
  • Abertura de Mercados
    Mercados em leve queda com crude em máximos de 2014
    Fonte: Banco Invest
    190418
    Os mercados europeus abriram em leve queda com as cotações do crude a negociar em máximos de Dezembro de 2014, sustentadas pela queda das reservas norte-americanas de crude na semana passada. Hoje um Comité de ministros dos países exportadores de petróleo vai reunir-se na Arábia Saudita para discutir a manutenção dos cortes de produção acordada entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e outros produtores.

    Na Ásia, o índice Nikkei 225 fechou a subir 0,15% e as praças chinesas negociavam em alta.

    As principais bolsas norte-americanas encerraram no verde excepto o índice Dow Jones que foi pressionado pelas acções da IBM que caíram 7,53%, depois de anunciar uma margem de lucro aquém das expectativas dos analistas. O Livro Bege da Reserva Federal revelou que a economia dos Estados Unidos continua em crescimento mas alertou para os riscos das tarifas no alumínio e no aço.
     
    Dados Macroeconómicos:

     09h30: Vendas a Retalho (Março)

     13h30: Pedidos de subsídio de desemprego

     13h30: Indicador de Sentimento Empresarial de Philadelphia (Abril)

     15h00: Leading Index (Março)


    Eventos:

     INE divulga Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação de Março de 2018

     13h45: Discurso de Oettinger da Comissão Europeia

     Discursos de Vários membros da Fed: Brainard (13h00) e Quarles (14h30)


    Resultados:

     Novartis, Sky (07h00), Engie (DF)

     Mattel, Philip Morris International (AA)


    Estes são os principais destaques da imprensa hoje:

     "Se formos chamados a ajudar o Montepio temos de estar disponíveis" - Mário Centeno

     Fidelity afasta "bear market" nos próximos seis meses

     Carlos Costa remete pra Estado injecção extra no Novo Banco

     Nova EDP já definiu cargos até 2020

     Governo acaba com corte salarial de 5 pct nos gabinetes de políticos

     António Costa não tem mais acordos para assinar com Rui Rio

     SEF alerta: tráfico de pessoas em Portugal está fora de controlo

     Estado financia casas para jovens delinquentes

  • Estados Unidos de América
    Destaques Empresariais
    Fonte: Banco Invest
    us1804
    • Abbott Laboratories (ABT): Resultados em linha com o esperado mas empresa falhou nas perspectivas anuais 

    - EPS: $0,59 vs. $0,58 Est.
    - Receitas: $7,39 mil mn vs. $7,29 mil mn Est

    • CSX Corporation (CSX): A empresa de transportes e logística reportou resultados que superaram as expectativas dos analistas.

    - EPS: $0,78 vs. $0,65 Est.
    - Receitas: $2,88 mil mn vs. $2,79 mil mn Est

    • eBay (EBAY): Morgan Stanley aumentou o preço-alvo das acções de $36 para $58 com recomendação de "compra".

    • Facebook (FB): A empresa tecnológica pretende começar a cumprir as regras de privacidade de dados na Europa antes da entrada em vigor do Regime Geral de Protecção de Dados.

    • International Business Machines (IBM): A empresa tecnológica apresentou lucros e receitas acima do esperado, no entanto as expectativas da empresa para este ano são mais pessimistas do que os analistas antecipava. Os novos negócios mostram uma desaceleração de crescimento, nomeadamente a unidade de "cloud" que cresceu abaixo da média de 2017 (+14% vs. +24%).

    - EPS: $2,45 vs. $2,42 Est.
    - Receitas: $19,07 mil mn vs. $18,83 mil mn Est

    • Morgan Stanley (MS): Boa performance no trading faz com que o produto bancário do banco ultrapasse os $11 mil mn pela primeira vez. Os lucros também atingem recorde devido a menores impostos.

    - EPS: $1,45 vs. $1,25 Est.
    - Receitas: $11,08 mil mn vs. $10,36 mil mn Est

    • United Continental Holdings (UAL): Empresa projecta um crescimento da receita média por assento de 2% para o actual trimestre enquanto os analistas esperavam uma estabilização da receita média por assento.

    - EPS: $0,50 vs. $0,48 Est.
    - Receitas: $9,03 mil mn vs. $9,02 mil mn Est

    • U.S. Bancorp (USB): Resultados ligeiramente acima do esperado mas receitas desiludem

    - EPS: $0,96 vs. $0,95 Est.
    - Receitas: $5,47 mil mn vs. $5,53 mil mn Est
  • Reino Unido
    Libra negoceia abaixo de $1,42 com inflação fraca
    Fonte: Bloomberg
    boe

    A inflação britânica arrefeceu inesperadamente hoje, para o mínimo de um ano em Março, que poderá levantar dúvidas sobre a probabilidade do Banco da Inglaterra aumentar as suas taxas de juros em Maio. 

    A probabilidade de subida de taxas de juro na reunião do Banco de Inglaterra de Maio passou de 96,2% na Segunda-feira para abaixo de 80% hoje.

    A inflação anual caiu para 2,5% em Março, de 2,7% em Fevereiro, em linha com o esperado pelos economistas. A queda da inflação significa que é muito provável que o crescimento salarial em termos reais já tenha voltado.
  • EDP Renovávei
    Berenberg aumentou preço-alvo de €4,50 para €8/acção
    Fonte: EDP Renováveis
    edpr
    A casa de investimento internacional Berenberg aumentou o preço-alvo das acções da EDP Renováveis de €4,50 para €8 e melhorou a sua recomendação de "sell" para “hold”. Berenberg acredita que a EDP Renováveis adicione 2,2 GW de nova capacidade ao longo de 2018-20 com 60% nos Estados Unidos.

    Berenberg também acha que seja improvável que a EDP melhore a sua oferta de €6,80 para atrair os accionistas minoritários que não conseguiu atrair na sua Oferta Pública de Aquisição. 

    A EDPR reportou os dados operacionais relativos ao primeiro trimestre de 2018 hoje. A produção de energia renovável teve uma subida homóloga de 14% para 8,8 Terawatt hora no primeiro trimestre de 2018, beneficiando de um "excepcional" recurso eólico e de adições de capacidade com um factor de utilização superior. Entre Janeiro e Março de 2018, as operações da EDPR na Europa, América do Norte geraram 45% e 54% do total da produção, respectivamente.

    No primeiro trimestre de 2018, a EDPR atingiu um factor de utilização de 38%, subindo 2 pontos percentuais face ao primeiro trimestre de 2017, "reflectindo o superior recurso eólico no período - factor de utilização a 105% do P50 principalmente na Europa, assim como as adições de nova capacidade com factores de utilização superiores".
  • Correios de Portugal
    Posições curtas já ultrapassam mais de 8% do capital dos CTT
    Fonte: CMVM
    ctt

    Desde Outubro do ano passado, que os CTT têm sido alvo dos especuladores na bolsa nacional. Os dados mais recentes revelam que as posições curtas acendem a 8,39% do capital da empresa, o que supera os 7,97% registados no final da semana passada que é o valor mais alto de sempre. O Marshall Wace tem a posição mais elevada (2,69% do capital). 

    O que está a fazer cair as acções dos CTT?

    1) Resultados operacionais: No ano passado, assistiu-se a um acelerar da queda no tráfego do correio endereçado. A administração do grupo também alertou nos resultados de 2017, "para as pressões significativas que a área dos Serviços Financeiros está a registar".

    2) Remuneração Accionista: Hoje decorre a Assembleia Geral da empresa, onde será votado o dividendo de €0,38 a distribuir pelos accionistas, em Maio. Existe algum nervosismo quanto à aprovação desta estratégia de pagar quase o dobro dos lucros obtidos em 2017.

    3) Descida das Avaliações: No final da semana passada o CaixaBI reviu em baixa a avaliação da empresa, passando de uma recomendação de "compra" para "neutral" e baixando o preço-alvo em mais de 30%, de €4,70 para €3,10. Antes da revisão do CaixaBI, também o Goldman Sachs e o Barclays tinham cortado as suas perspectivas. O Goldman Sachs reduziu a sua avaliação em 4,9% para €3,90. Já o Barclays cortou em 21% a avaliação para €3.
  • Abertura de Mercados
    Mercados no verde aguardando dados da inflação Zona Euro
    Fonte: Banco Invest
    180418
    Os mercados europeus abriram no verde com o destaque hoje para a taxa de inflação a Zona Euro, em Março. O índice de preços no consumidor deverá ter avançado 1,4% face ao período homólogo. A Reserva Federal norte-americana também vai apresentar o Livro Beige, em que dá conta da saúde da economia de cada um dos estados, extrapolando depois para nível nacional. 

    Na Ásia, o índice Nikkei 225 fechou a subir 1,42% e as praças chinesas também encerraram no verde. O representante de comércio internacional da China realizou uma série de reuniões com os embaixadores dos principais países europeus na semana passada para pedir que se unissem a Pequim contra o proteccionismo dos Estados Unidos da América.

    As principais bolsas norte-americanas encerraram em alta animados pelo sector tecnológico devido aos bons resultados da Netflix que reforçou o optimismo dos investidores. A Twitter teve em destaque também disparando 11,41% com a revisão em alta da recomendação para as suas acções feita pelo Morgan Stanley. O banco de investimento passou a sua recomendação de "underweight" para "equalweight" e subiu o preço-alvo de $28 para $29.
     
    Dados Macroeconómicos:

     00h50: Balança Comercial (Março)

     07h00: Vendas de Automóveis (Março)

     09h30: Inflação (Março)

     10h00: Inflação (Março)

     11h00: Índices de Preços na Produção Industrial (Março)

     INE divulga Síntese Económica de Conjuntura

     15h30: Reservas semanais de energia

     19h00: Reserva Federal EUA divulga Livro Beige


    Eventos:

     10h00: Assembleia Geral dos Correios de Portugal

     10h30: IGCP leiloa entre €1.000 nm e €1.250 mn de Bilhetes do Tesouro a 3 e 11 meses

     15h00: Debate quinzenal com o Primeiro-Ministro no Parlamento

      Discursos de Vários membros da Fed: Dudley (20h00) e Quarles (21h15)


    Resultados:

      ASML (06h00) e Heineken

     Abbott Laboratories (AA), Morgan Stanley (12h00), Crown Castle International (DF), American Express (DF)


    Estes são os principais destaques da imprensa hoje:

     CGD tem sete ofertas não vinculativas em Espanha

     Especuladores já têm 8% do capital dos CTT

     Portugal reserva lugar no futuro da indústrial automóvel

     "Orçamento de 2019 depende menos de mim do que imaginam" - Mário Centeno

     Governo promete medir custo das novas leis para os cidadãos

     Empresa da Altice arrisca-se a ter de devolver ajudas públicas

     Minstra volta a mexer no mapa jurídico sem consenso com juízes

     Orçamento. BE e PCP insistem: folga tem de ir para investimento público

     Telemóveis: Mudar de operador e manter número vai ser mais fácil

     Subsídios: Ferro defende deputados no caso das viagens

  • Economia Mundial
    FMI eleva previsões para Zona Euro e EUA em 2018
    Fonte: FMI
    imf
    O FMI, no seu mais recente "World Economic Outlook", manteve as suas previsões de crescimento global para 2018 e 2019 em 3,9% para ambos os anos, após as revisões em alta em Janeiro, impulsionado pelo fortalecimento do comércio e pelo estímulo fiscal nos EUA, que perderá força no início do ano 2020, enquanto o aumento das tarifas poderá prejudicar a confiança do mercado e o produto 

    Na Zona Euro, a nova taxa de crescimento previsto para o presente ano é de 2,4%, acima dos 2,2% anteriores. Portugal cresce exactamente também 2,4%.

    Os Estados Unidos, por exemplo, marcam um crescimento do produto interno bruto de 2,9% em 2018 e de 2,7% no próximo ano, duas décimas acima, nos dois casos, em relação às projecções de Janeiro.

    As perspectivas continuam favoráveis na Ásia emergente e na Europa, mas são desafiantes na América Latina, Médio Oriente e África Subsariana.
  • Metais
    Alumínio em máximos desde 2011 devido a sanções sobre a russa Rusal
    Fonte: Bloomberg
    aluminio

    O alumínio atingiu um novo máximo de mais de seis anos, mais de uma semana depois de os Estados Unidos terem imposto sanções sobre a russa Rusal no âmbito das tarifas aduaneiras impostas sobre as importações de aço e alumínio, que levaram os preços deste metal a disparar.

    Os compradores estão a tentar garantir reservas, já que as expectativas apontam para que o alumínio possa atingir em breve os 3 mil dólares por tonelada métrica.

    O metal, que é usado no fabrico de produtos desde latas a aeronaves, sobe para o valor intradiário mais elevado desde Setembro de 2011.
  • Mercados Financeiros
    "Cash is king"
    Fonte: BofAML
    bofaml
    Segundo a última sondagem dos gestores de fundos globais do Bank of America Merrill Lynch, a liquidez é neste momento o posicionamento mais longo em Abril em comparação com o posicionamento histórico. Logo a seguir temos a banca e depois os mercados emergentes.

    As acções britânicas têm o posicionamento mais negativo desde que a sondagem começou em 1999. 42% dos inquiridos estão a reduzir o peso das acções do Reino Unido nas suas carteiras.

    A guerra comercial passou a ser considerada o maior risco pelos gestores de fundos. 

    Os "most crowded trades" deste mês são posições longas em FAANG+BAT e depois posições curtas em USD.
  • Portugal
    Bolsa portuguesa positiva com "upgrade" da Jerónimo Martins
    Fonte: Bloomberg
    psi20

    • Jerónimo Martins: As acções da retalhista foram alvo de um upgrade para “Neutral” pela HSBC que manteve o preço-alvo nos €14.

    • Martifer: A empresa apresentou lucros de €6,5 mn em 2017, o que compara com prejuízos de €43,6 mn no ano anterior. Este foi o primeiro ano com lucros após sete anos de prejuízos. A dívida líquida baixou €47 mn para €189 mn. O EBITDA quase duplicou para os €8,5 mn e a margem para 5%.

    • Pharol: A Oi comunicou que a sua dívida vai cair de 35 mil mn de reais para ficar em torno dos 19 mil mn de reais e assim valerá em torno de 15 mil mn de reais, o que compara com os 2,6 mil mn de reais que vale actualmente no mercado.

    • REN: A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos aprovou os investimentos da REN no gás natural para cinco anos. O regulador aprovou vários projectos-base da REN que atingem os €49 mn para o período entre 2018 e 2022 no âmbito do Plano de Desenvolvimento e Investimento da Rede Nacional de Transporte, Infra-estruturas de Armazenamento e Terminais de Gás Natural Liquefeito para o período 2018-2027.