Invest Blog

Invest Focus

Acompanhe os destaques e principais tendências do dia que influênciam as bolsas em todo o mundo

  • 22-01-2018
    Estados Unidos de América
    Destaques Empresariais
    Fonte: Banco Invest
    us2201

    • Bioverativ (BIVV): A empresa norte-americana especializada em hemofilia foi comprada pelo grupo de saúde francês Sanofi por $11,6 mil mn.

    • Validus Holdings (VR): A seguradora AIG pretende adquirir a resseguradora por $5,56 mil mn.

    • Juno Therapeutics (JUNO)/Celgene (CELG): A Celgene chegou a acordo para comprar a empresa de biotecnologia por cerca de $9 mil mn em dinheiro. 

    • Halliburton (HAL): Os resultados operacionais recorrentes do 4º trimestre, excluindo imparidades, foram $0,53 por acção acima do esperado pelos analistas de $0,47 por acção. As receitas aumentaram 48% para $5,94 mil mn superando os $5,62 mil mn previstos.

    • Netflix (NFLX): A empresa apresenta os seus resultados hoje após o fecho do mercado. O lucro por acção esperado é de $0,414.

    • General Electric (GE): BOFA Merril cortou o preço-alvo das acções de $22 para $17.

    • Apple (AAPL): Novos relatos oriundos da China indicam que a Apple pode estar considerando interromper a fabricação do iPhone X a partir do final deste ano devido à baixa procura pela versão premium do aparelho.
  • 22-01-2018
    Economia Mundial
    FMI revê em alta crescimento mundial para 2018 e 2019
    Fonte: FMI
    fmi

    O Fundo Monetário Internacional aumentou em duas décimas as previsões de crescimento mundial para este ano e o próximo. 

    O crescimento anual do PIB global subiu de 3,2% em 2016 para 3,7% em 2017 e deverá continuar a acelerar para 3,9% em 2018 e 2019, segundo a actualização das projecções divulgadas hoje no "World Economic Outlook" do FMI.

    A revisão em alta para 2018 e 2019 deve-se sobretudo à mexida significativa nas projecções para quatro economias do G20 – Alemanha, Arábia Saudita, Estados Unidos e México.
  • 22-01-2018
    Mota-Engil
    Ganha contrato na Costa do Marfim no valor de €140 mn
    Fonte: Banco Invest
    EGL

    Mota-Engil informou sobre a adjudicação de um contrato para a concepção, construção e operação de um aterro com capacidade para triagem e produção de energia proveniente de biogás em Abidjan, na Costa do Marfim.

    O contrato acima referido envolverá um valor estimado de cerca de €140 mn (o qual inclui uma componente variável estimada de cerca de € 40 mn dependente das toneladas movimentadas), uma duração de 7 anos para uma capacidade total de 8,2 milhões de toneladas e a componente de construção avaliada em cerca de € 48 mn será executada pela Mota-Engil África.
  • 22-01-2018
    Amazon
    "Loja do Futuro" da Amazon abre hoje
    Fonte: Banco Invest
    amazongo

    A Amazon vai abrir hoje, em Seattle, nos Estados Unidos da América, a "Amazon Go" que consiste numa loja que não tem caixas de pagamento, abrindo um novo conceito de retalho, o que os analistas antecipam já poder ser uma mudança para o sector.

    Como funciona? Quando entra na loja o cliente tem de passar num scanner o código da aplicação Amazon Go, abrindo-se a porta de entrada. A loja é composta por artigos de alimentação, mas na secção de vinhos e cerveja há um trabalhador a pedir a identificação para verificar a idade. As câmaras e sensores vão monitorizando as prateleiras e o que cada pessoa retira ou volta a colocar para ir actualizando a lista de itens que vão ser comprados. À saída, é feito o fecho da compra e debitado o valor, sem ter de voltar à aplicação. 
  • 22-01-2018
    Banco Central Europeu
    Semana de BCE: "Hawks & Doves" estão 50/50 pela primeira vez
    Fonte: Bloomberg
    ecb

    - Na Quinta-feira realiza-se a reunião de política monetária do Banco Central Europeu. 

    - Não se espera alterações na linguagem por parte do BCE porque só na reunião de 8 de Março é que serão divulgadas novas projecções macro com as previsões para a inflação essenciais para dar suporte às alterações esperadas no "forward guidance" para os próximos meses.

    - A atenção estará nos eventuais comentários por parte de Mario Draghi sobre os mercados cambiais, tendo em conta o que foi dito por membros do Banco Central Europeu como François Villeroy de Galhau, Ewald Nowotny e Vítor Constâncio, no sentido de procurar determinar se a apreciação do euro voltou a ser uma preocupação do Banco Central Europeu, no sentido de evitar uma maior deterioração nas condições financeiras.

    - Não se espera subida das taxas de juro até meados de 2019.
     
  • 22-01-2018
    Espanha
    Fitch reviu a dívida soberana de "BBB+" para "A-"
    Fonte: Banco Invest
    rating

    A Fitch reviu em alta a Espanha de "BBB+" para "A-", com Outlook Estável, traduzindo a redução dos desequilíbrios macroeconómicos, suportada pela recuperação económica forte e relativamente abrangente. 

    A Fitch salienta a expectativa de redução adicional do défice público (2,0% do PIB em 2019, após 3,1% em 2017) e da dívida pública (-2,6 pontos percentuais em termos do peso no PIB nominal ao longo dos próximos dois anos). 

    A decisão da Fitch de colocar Espanha na área dos “A” é importante para a evolução das yields e spreads do país, relembrando que a S&P também tem o país em BBB+ com Outlook Positivo.
  • 22-01-2018
    Europa
    Principais Destaques
    Fonte: Banco Invest
    eur2201
    • DIA (DIA SM): A LetterOne aumentou a sua posição na DIA para 25% do capital desta, não planeando realizar uma oferta de aquisição.

    • Banco Comerical Português (BCP PL): A JP Morgan subiu o preço-alvo de €0,30 para €0,35 por acção. Por outro lado, a Blackrock aumentou a sua posição no BCP de 2,88% para 2,99%. O BCE também pretende reduzir o número de administradores do banco e que a nova lista de órgãos sociais seja definida até Fevereiro.

    • Deutsche Telekom (DTE GY): A empresa está confiante em atingir um crescimento do fluxo de caixa livre de 10% em 2017.

    • Airbus (AIR FP): segundo as declarações do presidente executivo da empresa, o "cash flow" irá aumentar devido a produção dos modelos A320 e A350.

    • Galp Energia (GALP PL): A JP Morgan subiu o preço-alvo de €17,50 para €18 por acção. A Galp recebeu o maior valor total dos contratos de abastecimento de electricidade com entidades públicas em 2017, obtendo contratos no valor total de €60 mn, equivalentes a 39% do total.

    • Sonae (SON PL): Segundo o Expresso, a estratégia de crescimento da Sonae será a alimentação saudável e a saúde. A Dr. Well’s é a principal aposta do grupo que, até 2025,  quer ter 70 clínicas de medicina estética e dentária por crescimento orgânico ou aquisições. Lançada em Maio de 2017, a Dr. Well’s tem neste momento 4 clínicas. 

    • Societe Generale (GLE FP): O banco francês irá utilizar as novas leis laborais na França para reduzir a força laboral.

    • UBS (UBSG SW): O banco suíço apresentou um prejuízo trimestral de CHF 2,22 mil mn devido aos custos sofridos pela sua unidade americana no valor de CHF 2,9 mil mn. UBS anunciou um programa de recompra de activos no valor de $2,1 mil mn durante os próximos 3 anos e a fusão das unidades de gestão de fortuna.

    • Sanofi (SAN FP): A empresa chegou a acordo para adquirir a Bioverativ Inc, que produz medicamentos para hemofilia, por $11,6 mil mn.
  • 22-01-2018
    Abertura de Mercados
    Mercados positivos com Alemanha mais perto de ter novo Governo
    Fonte: Banco Invest
    220117

    Os mercados europeus abriram positivos depois do Partido Social-Democrata alemão ter aprovado ontem a abertura de negociações formais para uma nova coligação de Governo com o bloco conservador da chanceler Angela Merkel.

    A agência de rating Fitch reviu em alta a notação atribuída à dívida soberana espanhola, de "BBB+" para "A-", com o outlook estável.

    Hoje é a Reunião dos Ministros das Finanças do Eurogrupo onde com a reforma da Zona Euro e Grécia estão na agenda.

    Na Ásia, o índice Nikkei 225 fechou a subir 0,14%. Hoje inicia a reunião de política monetária do Banco do Japão e amanhã será conhecida a decisão. As praças asiáticas também encerraram no verde com as acções da Toshiba a dispararem com a notícia sobre a admissão à negociação da sua unidade de memória.  

    As principais bolsas norte-americanas atingiram novos recordes máximos impulsionados pela notícia em torno da flexibilização das regras para a banca americana. O sector bancário subiu, com destaque para o Goldman Sachs, que subiu mais de 1,5%. Do lado das quedas, destaque para as acções da IBM, que deslizaram 4% devido à quebra dos lucros de 52%, em 2017. A American Express também caiu 2%, depois de ter reportado o primeiro prejuízo trimestral em 26 anos e anunciado a suspensão do programa de compra de acções próprias nos próximos seis meses.

    O Senado norte-americano vai prosseguir as negociações sobre um orçamento provisório, prevendo-se para hoje a votação de um eventual acordo que permita reabrir a administração federal, encerrada parcialmente durante o fim-de-semana após o chumbo de um orçamento. O líder da maioria no Senado, o republicano Mitch McConnell, anunciou ontem à noite que as negociações serão retomadas ao meio-dia de hoje.

    Hoje aguarda-se a apresentação de resultados das seguintes empresas: Halliburton (11h45), Netflix (21h05), Zions Bancorporation (22h00).
  • 19-01-2018
    Agenda Semanal
    22 a 26 de Janeiro 2018
    Fonte: Banco Invest
    agenda

    O principal destaque da próxima semana será a reunião do Banco Central Europeu na Quinta-feira. A especulação sobre uma alteração mais rápida da política monetária do BCE intensificou-se depois de terem sido reveladas as minutas da última reunião do banco central, por isso, os investidores estarão atentos a possíveis novas alterações na política de comunicação do Banco. O Banco do Japão também realiza a sua reunião de política monetária na Terça-feira.

    No Domingo realiza-se um evento do SPD, a 2ª maior força política na Alemanha, onde os 600 delegados do partido irão votar a proposta de início formal de negociações com a CDU/CSU para a formação de um governo.

    O novo presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, vai estrear-se na condução das reuniões dos ministros das Finanças da Zona Euro na próxima Segunda-feira, em Bruxelas, num encontro cuja agenda inclui uma análise à situação portuguesa.

    O Fórum Económico de Davos realiza-se, na Suíça, de 23 a 26 de Janeiro, onde o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump vai estar presente com vários políticos, líderes mundiais, milionários e empresários.

    A nível macroeconómico, serão divulgados os indicadores PMI da IHS Markit da Zona Euro (4ª Feira), o índice Ifo na Alemanha (5ª Feira) e as encomendas de bens duradouros e PIB nos EUA (6ª Feira). A apresentação de resultados empresariais decorre com destaque para as seguintes empresas: Netflix, Johnson & Johnson, Verizon, Procter & Gamble, General Electric, Ford, Caterpillar, 3M, Intel, Starbucks.

    Estes são os principais eventos:

    Segunda-feira, 22 de Janeiro 2018

    • Reunião dos Ministros das Finanças da Zona Euro 
    • IMF apresenta o "World Economic Outlook"
    • Apresentação Resultados Europa: UBS Group (05h45)
    • Apresentação Resultados EUA: Halliburton (11h45), Netflix (21h05), Zions Bancorporation (22h00)

    Terça-feira, 23 de Janeiro 2018

    • Início do Encontro Anual do Fórum Económico Mundial em Davos até dia 26 Janeiro
    • 10h00: Índice ZEW Alemanha
    • Reunião de política monetária do Banco do Japão
    • Apresentação Resultados Europa: Logitech International (02h00), IG Group Holdings (06h00)
    • Apresentação Resultados EUA: Johnson & Johnson (11h40), Verizon Communications (12h00), Procter & Gamble (12h00), Texas Instruments (21h00)  

    Quarta-feira, 24 de Janeiro 2018

    • 09h00: Índice PMI da IHS Markit da Zona Euro
    • 14h45: Índice PMI Markit EUA
    • 15h30: Reservas Semanais de Energia EUA
    • Apresentação Resultados Europa: Novartis 
    • Apresentação Resultados EUA: General Electric (AA), Stanley Black & Decker (AA), fORD (22h30)

    Quinta-feira, 25 de Janeiro 2018

    • 09h00: Índice Ifo na Alemanha
    • Reunião de política monetária do Banco Central Europeu 
    • 15h00: Vendas de Casas Novas EUA 
    • Apresentação Resultados Europa: Diageo (07h00), Sky (07h00), STMicroelectronics (AA), Bankinter 
    • Apresentação Resultados EUA: American Airlines Group (AA), Biogen (11h59), Raytheon (12h00), Caterpillar (12h30), 3M (12h30), Intel (21h00), Starbucks (21h04)

    Sexta-feira, 26 de Janeiro 2018

    • 09h30: Produto Interno Bruto Reino Unido  
    • 13h30: Encomendas de Bens Duradouros EUA
    • 13h30: Produto Interno Bruto EUA 
    • 23h30: Minutas da reunião de política monetário do Banco do Japão
    • Dívida soberana da França será avaliada pela agência de rating Fitch
    • Apresentação Resultados EUA: Honeywell International (AA), AbbVie (AA), Colgate-Palmolive
  • 19-01-2018
    Estados Unidos de América
    Principais Destaques
    Fonte: Banco Invest
    eua1901

    • Nike (NKE): A Wedbush fez um "upgrade" às acções da Nike para "outperform" de "neutral".

    • Foot Locker (FL): A Tesley Advisory Group fez um "upgrade" às acções da Foot Locker para "outperform" de "market perform".

    • Amazon.com (AMZN): A empresa vai aumentar as subscrições mensais dos clientes do Amazon Prime em $2, passando para $12,99.

    • Google (GOOG): O Google e Tencent Holdings chegaram a acordo para a partilha de patentes para uma vasta gama de produtos e tecnologias.

    • American Express (AXP): A empresa apresentou um EPS de $1,58 acima dos $1,54 previstos pelos analistas. As receitas subiram 10% para os $8,839 mil mn superando os $8,72 mil mn esperado. No entanto, a empresa irá suspender o programa de recompra de acções próprias durante o 1º semestre do ano, em virtude de custo não recorrente relacionado com a reforma fiscal. 

    • International Business Machines (IBM): A empresa apresentou um resultado líquido trimestral ajustado de $5,18 acima dos $5,17 esperado pelos analistas. As receitas foram $22,54 mil mn face  aos  $22,05 mil mn.
  • 19-01-2018
    NOS
    Barclays corta preço-alvo para €6,10
    Fonte: Banco Invest
    NOS

    O Barclays cortou o preço-alvo que atribui à telecom NOS para €6,10, incorporando valores mais elevados de "capital expenditure" na expansão da rede de fibra, anunciou o banco de investimento.

    Os resultados do quarto trimestre de 2017, agendados para 12 de Março, deverão ainda evidenciar o impacto das mudanças de operador pelos clientes motivadas por imposições regulatórias no terceiro trimestre.

    As previsões para 2018 deverão beneficiar da expansão da cobertura de rede, indicaram, acrescentando, contudo, que a operadora deverá expandir para áreas onde os operadores de alta velocidade já estão presentes e que os custos de estrutura grossista reduzem a contribuição para a margem bruta.
  • 19-01-2018
    ​Commodities
    Metais em alta com dólar fraco
    Fonte: Bloomberg
    comm

    Os metais têm sido os grandes beneficiários do dólar fraco e do crescimento global robusto com o paládio a negociar em máximos históricos.

    O ouro está a negociar em máximos de quatro meses. Ambos estes metais negoceiam em dólares que os torna mais atractivos num ambiente com o dólar enfraquecido. O dólar negoceia hoje em mínimos de três anos, com os investidores a temerem que o Senado não aprove hoje a legislação necessária para impedir a paralisação dos serviços públicos nos Estados Unidos. 
  • 19-01-2018
    Portugal
    Índice PSI-20 em leve queda com "downgrade" do BCP
    Fonte: Banco Invest
    pt

    • BCP Comercial (BCP PL): Deutsche Bank fez um corte da recomendação para as acções do banco de "comprar" para "manter" antes da divulgação dos seus resultados do 4º trimestre.

    • SDC Investimentos (SDC PL): A Investéder subscreveu a totalidade do aumento de capital da SDC Investimentos ontem registado. Com esta operação, a Investéder passou a deter uma participação qualificada de 90,289% dos direitos de voto na SDC Investimentos.

    • Sonae Capital (SONC PL): O CaixaBank BPI Research elevou o preço‐alvo das acções da Sonae Capital de €1,20 para €1,32 e manteve a recomendação de "comprar" devido à performance do EBITDA nos primeiros 9 meses do ano e da incorporação dos ginásios Pump. O forte turismo e a dinâmica do sector imobiliário em Portugal deverão proporcionar novas alienações de activos da empresa e parte do produto destas vendas poderá aumentar a  remuneração dos accionistas. 
  • 19-01-2018
    Abertura de Mercados
    Mercados mistos aguardando a votação da lei que evita o "shutdown" EUA
    Fonte: Banco Invest
    190118

    Os mercados europeus abriram mistos no dia que termina o prazo para evitar a paralisação dos serviços públicos nos EUA. A lei que permite que as agências federais dos EUA possam continuar a ser financiadas terá que ser aprovada hoje no Senado. Os democratas dizem ter os votos suficientes para impedir a sua aprovação, pelo que vão forçar os republicanos e o presidente norte-americano a aceitarem incluir na lei uma protecção aos imigrantes jovens.
     
    Em termos de dados macroeconómicos, será divulgado a Balança Comercial em Espanha (09h00), as Vendas a Retalho no Reino Unido (09h30) e a Confiança dos Consumidores, medida pela Universidade de Michigan, nos EUA (15h00).

    Angela Merkel e Emmanuel Macron vão reunir-se hoje para discutir “o futuro da Europa e as prioridades futuras”. Os dois países pretendem apresentar propostas europeias comuns nas áreas da união bancária e da convergência fiscal.

    Hoje a Fitch poderá anunciar decisões relativamente aos ratings de Espanha, Grécia e Dinamarca. Também está previsto a Moody’s pronunciar-se sobre a Alemanha, ao passo que a S&P poderá pronunciar-se em relação à República Checa e a DBRS relativamente à Lituânia.

    Na Ásia, o índice Nikkei 225 fechou a subir 0,19% e atingiu durante a sessão o máximo dos últimos 26 anos impulsionado pelo sector financeiro e os fabricantes de automóveis

    As principais bolsas norte-americanas encerraram com quedas contidas penalizadas pelos sectores mais sensíveis a subidas das taxas de juro, como por exemplo, as "utilities" e as cotadas do ramo imobiliário.
  • 18-01-2018
    Estados Unidos de América
    Pedidos de subsídios de desemprego caem para mínimos de 45 anos
    Fonte: Bloomberg
    jobless

    O número de norte-americanos que entraram com pedidos de subsídios de desemprego nos Estados Unidos caiu mais do que o esperado na semana passada, para o menor nível em 45 anos.

    O Departamento do Trabalho informou hoje que os pedidos iniciais de subsídios de desemprego caíram em 41 mil, para 220 mil em números ajustados sazonalmente na semana encerrada em 13 de Janeiro, nível mais baixo desde Fevereiro de 1973. Os economistas esperavam que os pedidos cairiam a 250 mil na semana passada.
  • 18-01-2018
    Banca EUA
    Goldman Sachs já vale menos que a Morgan Stanley
    Fonte: Bloomberg
    MS

    Pela primeira vez em uma década, a Goldman vale menos do que o seu rival Morgan Stanley em termos de capitalização bolsista.

    A Goldman Sachs apresentou ontem o seu primeiro prejuízo em seis anos penalizada pelo impacto da reforma fiscal, que teve um efeito negativo de $4,4 mil mn no 4º trimestre. As receitas da divisão de títulos de dívida desceram 50% para um mínimo de 10 anos. No entanto o crescimento de 44% na banca de investimento ajudou a compensar a queda no "fixed-income".

    A Morgan Stanley apresentou os seus resultados hoje. O lucro por acção foi $0,84 superando as previsões dos analistas de $0,77. As receitas foram $9,5 mil mn também acima do esperado de $9,195 mil mn. O banco também foi penalizado pela reforma fiscal em $1,2 mil mn, no entanto foi compensado pelas receitas de gestão de patrimónios ($4,41 mil mn vs. $4,32 mil mn estimados).
  • 18-01-2018
    Alemanha
    Situação demográfica preocupante
    Fonte: Destatis
    alemanha

    Alemanha é conhecida como o motor económico da Europa mas está numa situação demográfica preocupante. Com uma das populações mais envelhecidas da Europa e uma taxa de fertilidade de apenas 1,5 nascimentos por mulher, é apenas uma questão de tempo até que este factor comece a afectar o crescimento do país. Até 2019, haverá menos alemães com menos de 30 anos do que alemães com 60 anos ou mais.

    Jens Weidmann, presidente do Bundesbank, até referiu esse facto hoje, quando defendeu o orçamento recorde do seu país e o excedente actual da balança corrente, face às críticas por parte do Fundo Monetário Internacional que estão a atrapalhar o crescimento na Zona Euro e a aumentar os desequilíbrios económicos globais.

    Alemanha precisa de construir um amortecedor fiscal para a ajudar a resistir ao efeito de uma sociedade envelhecida e que é "inútil" que Berlim gaste mais para tentar ajudar os seus vizinhos.
  • 18-01-2018
    Sonae Indústria
    CaixaBI recomenda "compra" com preço-alvo €5,34/acção
    Fonte: Banco Invest
    SONI

    O CaixaBI reiniciou a cobertura das acções da Sonae Indústria, com recomendação de "comprar" e preço-alvo de €5,34 por acção.

    "Os negócios de painéis de madeira na Europa e África do Sul estão agora dentro da Sonae Arauco que é detida em partes iguais pela Sonae Indústria e Arauco, com a empresa a consolidar integralmente somente o Canadá e laminados. O mercado está, neste momento, a incorporar uma taxa de desconto sobre os fundamentais que, na nossa opinião, é talvez demasiado conservadora", destaca a nota de análise.
  • 18-01-2018
    Índice STOXX 600
    Acções europeias em leve alta
    Fonte: Banco Invest
    EUR1801

    O índice STOXX 600 sobe 0,09% com os seguintes destaques:

    • Geberit: A empresa suíça apresentou um crescimento de 3,5% nas suas vendas de 2017.

    • Carrefour:  A empresa reportou receitas trimestrais de €23,3 mil mn, das quais €10,7 mil mn foram geradas em França. As vendas do quarto trimestre foram mais fortes do que o esperado da cadeia de supermercados compensaram o impacto negativo da previsão de um novo corte nos lucros. 

    • Infineon: A Société Générale iniciou a cobertura das acções com uma recomendação de "buy". A Goldman Sachs também fez um upgrade para "buy" com preço-alvo de €29 por acção.

    Pela negativa, o BTG cai 5,27% depois da patente nos EUA do seu produto Zytiga ter sido chumbado. O sector das telecoms também está em queda com a BT Group e a Vodafone a perderem.
  • 18-01-2018
    Abertura de Mercados
    Mercados em alta contagiados pelo "rally" de Wall Street
    Fonte: Banco Invest
    180118
    Os mercados europeus abriram em alta contagiados pelo sentimento positivo na bolsa norte-americana. Os índices Dow Jones e S&P 500 atingiram novos máximos históricos ontem. Mais de três quartos das 36 empresas do índice S&P 500 que divulgaram resultados até agora superaram as estimativas de lucros

    O preço do petróleo negoceia próximo do máximo desde 2014 com a queda dos inventários nos EUA e com os rebeldes na Nigéria a ameaçarem atacar a infra-estrutura petrolífera do país. Hoje será revelado o relatório mensal da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e as reservas semanais de energia nos Estados Unidos pelas 16h00.

    Na Ásia, o índice Nikkei 225 fechou a cair 0,44% enquanto as praças asiáticas fecharam no verde depois da confirmação de que a economia chinesa conseguiu uma expansão homóloga de 6,9% em 2017, superando as previsões dos economistas de 6,8%. As vendas a retalho em Dezembro expandirem 9,4%, aquém das expectativas de crescimento de 10,2%. Já a produção industrial em Dezembro subiu 6,2% face à um ano atrás acima do esperado pelo mercado de 6,1%.

    As principais bolsas norte-americanas encerraram em novos recordes depois da Apple ter anunciado que vai pagar cerca de $38 mil mn em impostos para levar fundos mantidos no exterior de volta para os Estados Unidos sob as novas leis tributárias federais. A Apple disse que espera investir mais de $30 mil mn nos EUA nos próximos 5 anos, e criará 20 mil empregos através da contratação em campus existentes e através da abertura de um novo campus.    
        
    A economia dos Estados Unidos e a inflação expandiram-se a um ritmo modesto-a-moderado entre o fim de Novembro até ao fim de 2017, enquanto a massa salarial continuou a crescer, disse o banco central dos EUA no seu periódico relatório Livro Bege sobre a economia. 
      
    Hoje as seguintes empresas apresentam os seus resultados: Morgan Stanley (12h00), International Business Machines (21h00) e American Express (depois do fecho).
  • 17-01-2018
    Estados Unidos de América
    Resultados Empresariais
    Fonte: Banco Invest
    us
    • U.S. Bancorp (USB): Lucro do banco regional em linhas com as estimativas dos analistas beneficiando de taxas mais altas

    - EPS: $0,88 vs. $0,87 Est.
    - Receitas: $5,64 mil mn vs. $5,60 mil mn Est

    • Bank of America (BAC): Resultados melhores que o esperado apoiado por taxas de juros mais altas mas receitas desiludem. O impacto da reforma tributária foi de $2,9 mil mn.

    - EPS: $0,47 vs. $0,44 Est.
    - Receitas: $21,4 mil mn vs. $21,531 mil mn Est.

    • Goldman Sachs (GS): Bateu as estimativas dos analistas com força de investimento a compensar a queda do "trading". Este trimestre incluiu um custo extraordinário de $4,4 mil mn relacionado com as vastas mudanças fiscais aprovadas pelo Presidente Donald Trump. 

    - EPS: $5,68 vs $4,91 Est. 
    - Receitas: $7,834 mil mn vs. $7,608 mil mn

    • Ford (F): Resultados abaixo do esperado. A empresa estima que os lucros por acção ajustados em 2018 variem entre $1,45 – $1,70, enquanto os analistas esperam uma estimativa de $1,62. 

    - EPS: $1,78 vs $1,84 Est. 

O Banco Invest no seu smartphone, disponível para iOS, Android e Windows Phone. É uma aplicação inovadora para quem gosta de poupar e investir, com gráficos e informação sobre acções europeias e americanas, índices de acções, taxas de juro, câmbios, commodities e comentários da nossa equipa de research sobre as principais noticias do dia.

ACESSO INVEST ONLINE

DOCUMENTO PARA VALIDAÇÃO

POSIÇÕES DO NÚMERO DO DOCUMENTO

 
 
Este site utiliza "cookies" para funcionar correctamente. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais Concordo