INVESTIMENTO

BENEFÍCIOS DA DIVERSIFICAÇÃO

Construa uma carteira diversificada ajustada ao seu perfil de risco e potencie a rendibilidade dos seus investimentos

PORQUÊ DIVERSIFICAR OS INVESTIMENTOS?


  • Reduz a probabilidade de perda

    Reduz significativamente a probabilidade de perda de capital

  • Carteiras mais Eficientes

    Carteiras mais eficientes

  • Rendibilidade ajustadas superiores

    Rendibilidades esperadas superiores, ajustadas pelo risco

 
     
 



Os mercados financeiros oferecem várias aternativas de investimento, consoante os objectivos, a tolerância ao risco e o perfil de cada investidor.

Todas as opções apresentam diferentes características de rentibilidade e risco.

Factores a ter em consideração:

  • Objectivos definidos para o investimento

  • Tolerância ao risco

  • Horizonte temporal do investimento




As diferentes classes de activos não se comportam todas da mesma forma e não mantêm os mesmos desempenhos ao longo do tempo. Anos de bons desempenhos podem ser sistematicamente seguidos de anos de fracas (ou negativas) rendibilidades.

Uma carteira diversificada é condição fundamental para a optimização do binómio risco-retorno, tornando a carteira menos vulnerável ao desempenho diferenciado, ao longo dos vários ciclos económicos.


A MÉDIO-LONGO PRAZO...


O investimento numa carteira diversificada reduz significativamente a probabilidade de perda de capital, diluindo o efeito dos ciclos económicos menos favoráveis e do risco específico dos títulos detidos.





Fonte: Banco Invest


NA PRÁTICA:


Um investidor com um perfil de risco médio pode esperar que a incerteza em torno da rendibilidade esperada para a sua carteira diminua à medida que o horizonte temporal do investimento aumenta.





Fonte: Banco Invest

TENDÊNCIA:


Os mercados valorizarem ao longo do tempo o que sustenta a relevância de uma correcta alocação de activos na prossecução dos objectivos de investimento.

Mesmo para investidores que considerem apenas uma classe de activos, a alocação sectorial é o principal driver de performance de uma carteira.



Com uma carteira diversificada, mais facilmente os seus investimentos acomodam possíveis flutuações ao longo dos vários ciclos económicos.
COMO DEVO ALOCAR AS MINHAS POUPANÇAS?


As poupanças devem ser alocadas de acordo com o horizonte temporal planeado, ajustando o peso dos activos com risco sem comprometer os objectivos traçados.
Consoante a fase da vida em que o investidor se encontre, o investimento em activos com maior ou menor risco e com menor ou maior rendibilidade é determinante no valor final esperado da carteira.




HÁ 10 ANOS ATRÁS...



1º CENÁRIO

Poupança inicial = 10.000 Eur


Se tivesse aplicado 10.000 Eur num depósito a prazo, a poupança actual seria de 10.794 Eur.

DEPÓSITO A PRAZO

Valor final = 10.794,06 Eur



2º CENÁRIO

Poupança inicial = 10.000 Eur


No entanto, o ganho poderia ter sido superior (+ 5.978 Eur),caso optasse por uma carteira diversificada: 50% em DP, 20% em Fundos e 30% em PPR.

20% FUNDOS + 30% PPR
Valor final = 16.772,08 Eur (+55%)



Fonte: Banco Invest

As rendibilidades divulgadas representam dados passados, não constituindo garantia de rendibilidade futura porque o valor das unidades de participação pode aumentar ou diminuir em função do nível de risco que varia entre 1 (risco mínimo) e 7 (risco máximo).
As rendibilidades divulgadas são calculadas com base em valores de Maio de 2009 a Maio 2019.



DAQUI A 20 ANOS...

Para um montante inicial de 16.772,08 Eur (repartidos em 50% DP, 20% em Fundos Mistos e 30% em PPR) e reforços anuais de 1.200 Eur, daqui a 20 anos, o valor esperado está compreendido entre os 80.000 Eur e os 100.000 Eur, considerando a volatilidade normal dos mercados.


Em períodos de turbulência nos mercados financeiros os investidores tendem a sobrepor a emoção à razão, tomando decisões que mais tarde se revelam precipitadas, como por exemplo, "sair do mercado".



Fonte: Banco Invest


As rendibilidades divulgadas representam dados passados, não constituindo garantia de rendibilidade futura porque o valor das unidades de participação pode aumentar ou diminuir em função do nível de risco que varia entre 1 (risco mínimo) e 7 (risco máximo).
As rendibilidades divulgadas são calculadas com base em valores de Maio de 2009 a Maio 2019.

ACESSO INVEST ONLINE
Este site utiliza cookies para funcionar correctamente. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. SABER MAIS Concordo