Invest Outlook

2º TRIMESTRE DE 2020

 

A crise de saúde pública provocada pela rápida propagação do novo Coronavírus (Covid-19) terá consequências económicas significativas, reflectindo os fortes choques tanto na oferta como na procura globais. À medida que a doença se alastra e os custos humanos aumentam, as economias mundiais estão, em larga medida, paradas ou em vias de fechar. Na falta de uma vacina para conter o vírus, os países têm tentado limitar a sua propagação, com restrições das viagens, encerramento de escolas e quarentenas de milhões de pessoas, procurando ganhar tempo e diminuir a sobrecarga dos respectivos sistemas de saúde.

Assim, a incerteza é grande e o risco de uma crise mais prolongada do que o inicialmente esperado é elevado e, sobretudo, difícil de avaliar e quantificar. Mas, considerando as fortes quedas registadas desde os máximos deste ano, as avaliações dos activos de risco estão agora mais atractivas, numa perspectiva de investimento a médio-longo prazo.

EFEITOS DO COVID-19
NA ECONOMIA MUNDIAL
EVOLUÇÃO DOS
MERCADOS FINANCEIROS

As rendibilidades das carteiras nos próximos anos dependerão, em larga medida, das decisões tomadas no presente. A história mostra-nos que períodos como o actual tendem a proporcionar rendibilidades acima da média nos anos seguintes. Porém, enquanto continuar a aumentar o número de vítimas mortais do Covid-19, poderão ocorrer novas correcções e testes aos mínimos do mês de Março, mas os mercados incorporam já prémios de risco elevados que, historicamente, tendem a ser remunerados a prazo. Como sempre, é fundamental a diversificação das carteiras e uma perspectiva de médio-longo prazo.



ALOCAÇÃO DE ACTIVOS


Outlook 2020

Fonte: Gestão de Activos, Banco Invest

ACESSO INVEST ONLINE
Este site utiliza cookies para funcionar correctamente. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. SABER MAIS Concordo