INVESTIMENTO

FAQ - AR PPR

O que é um PPR?

Um Plano Poupança Reforma (PPR) é um produto financeiro concebido para estimular a poupança a médio/longo prazo.
Um PPR, ao aliar a flexibilidade dos produtos financeiros a regras restritas de movimentação e a benefícios fiscais muito atractivos, contribui para financiar um complemento de reforma e fazer face a situações financeiras difíceis e imprevistas, tais como uma doença grave ou o desemprego de longo prazo. Os Planos Poupança Reforma são regulamentados por lei.

Diferença entre PPR Fundo e Seguro de Capitalização?

A grande diferença entre optar por um PPR Fundo ou um PPR Seguro de Capitalização está relacionada com o seu perfil de risco e objectivo de investimento.

Num PPR sob a forma de seguro de capitalização, cuja estratégia é mais defensiva, a rendibilidade é mais baixa mas existe, normalmente, a garantia do capital investido e um rendimento mínimo garantido.

No caso de um PPR sob a forma de fundo de investimento, as valorizações tendem a ser, em média, mais atractivas, ainda que não garantam o capital investido. Aqui, existe uma preferência por investir em aplicações financeiras com potencial para gerar retornos mais elevados mas, também, mais expostos às oscilações de mercado.

O que é o Alves Ribeiro PPR?

O Alves Ribeiro PPR é um Fundo de Investimento Mobiliário Aberto de Poupança Reforma da classe Morningstar “Mistos Defensivos EUR”.
É considerado o melhor fundo da sua classe entre fundos nacionais e internacionais nos últimos 3, 5 e 10 anos, com um rating de 5 estrelas atribuído pela Morningstar.

Como PPR Fundo, o seu património é representado por partes de conteúdo idêntico, sem valor nominal, que se designam unidades de participação (UP), as quais conferem direitos idênticos aos seus detentores.

Consulte as Informações Fundamentais ao Investidor

A quem se destina o AR PPR?

O AR PPR destina-se a clientes que, assumindo algum risco, querem aplicar parte das suas poupanças num produto de longo prazo que tem obtido, historicamente e de forma consistente, rendibilidades superiores à renovação sucessiva de aplicações a curto prazo (até 1 ano).
O Fundo adequa-se a investidores com alguma tolerância ao risco (liquidez, segurança e estabilidade patrimonial), cujo objectivo é a canalização das poupanças numa perspectiva de longo prazo como complemento de reforma, com período mínimo de 5 anos, usufruindo de uma interessante poupança fiscal.

Para quê constituir o Alves Ribeiro PPR?

O Alves Ribeiro PPR é uma maneira muito prática e fácil de criar o hábito de poupar.
O grande objectivo é a valorização das suas poupanças numa perspectiva de longo prazo como complemento de reforma, com um período mínimo de 5 anos, usufruindo de uma atractiva poupança fiscal.

Quais são as principais vantagens de investir no AR PPR?

- Deduções à coleta;
- Tributação reduzida e adiada para o momento do reembolso;
- Entregas flexíveis, pontuais ou periódicas, efectuadas em qualquer altura;
- Gestão realizada por profissionais;
- Simplicidade fiscal.

Como é gerido o Fundo AR PPR?

O Fundo AR PPR é gerido pela Invest Gestão de Activos – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliários S.A., integrada no Grupo Alves Ribeiro.
O Fundo assenta a sua gestão nos princípios da alocação de activos e da diversificação a nível global e usufrui de uma fiscalidade mais atractiva do que a aplicada aos rendimentos das restantes aplicações financeiras.

Na prossecução do seu objectivo, enquanto Fundo Poupança Reforma, o seu património é composto maioritariamente por obrigações com maturidades superiores a 1 ano. Em menor percentagem, o Fundo AR PPR investe em acções e outros activos de maior risco, de forma a aproveitar as oportunidades de mercado que revelem maior potencial de valorização futura. Ainda, é composto em mais de 50% por obrigações de Estados Membros da União Europeia, emitidas há mais de um ano.

As aplicações em acções ou fundos de acções nacionais ou internacionais são efectuadas até 40% do seu património. Em condições normais de mercado, o investimento é de 20% do valor do Fundo. Em situações de grande volatilidade, em que a gestão entenda adequado o refúgio em valores de risco mais limitado, o mínimo de acções que o Fundo AR PPR deve possuir é de 5%.

Como é composto o Fundo AR PPR?

De forma geral, o AR PPR é composto maioritariamente por obrigações com maturidades superiores a 1 ano. Em menor percentagem, investe em acções e outros activos de maior risco.
Consulte as principais posições na Carteira.

Qual é o horizonte temporal recomendado?

O AR PPR, cujo objectivo é a canalização das poupanças numa perspectiva de médio/longo prazo como complemento de reforma, poderá não ser adequado a investidores que pretendam retirar o seu dinheiro num prazo inferior a 5 anos.

Qual é o montante mínimo de subscrição/reforço?

Os montantes mínimos de subscrição/reforço são de 50 Euros, com incrementos de 0,01 Euro.
O valor da unidade de participação a considerar para efeitos de subscrição é o último valor conhecido e divulgado relativamente ao dia em que o respectivo pedido é aceite, desde que o mesmo se verifique até às 15H30.

Posso transferir o meu actual PPR para o Plano Poupança Reforma AR PPR?

Para poder transferir o seu PPR de outra instituição para o AR PPR, deve ter uma uma conta à ordem no Banco Invest.

Consultar FAQ - Abertura de Conta

Por forma a confirmar que o seu PPR é compatível com o nosso, é-lhe solicitado o envio do prospecto simplificado, a fim de procedermos à devida verificação.

Após ter uma conta connosco, pode solicitar junto da instituição onde detém actualmente o PPR a transferência do mesmo para o Banco Invest. Em alternativa, pode solicitar junto do nosso Apoio ao Cliente ou dos nossos Centros de Investimento a transferência do PPR. Nesse momento ser-lhe-á comunicada a documentação necessária para proceder à respectiva transferência.

Onde estamos?

Posso subscrever/reforçar o AR PPR via débito directo?

Sim, através do portal Invest Online, pode criar uma transferência periódica onde, por débito de uma conta (no Banco Invest ou em qualquer outro banco), subscreve/reforça o Fundo AR PPR.

Existe alguma comissão associada?
Custos Comissão (%)
Imputáveis directamente ao Participante
Comissão de Subscrição 0%
Comissão de Transferência 0%
Comissão de Resgate 1% (até 1 ano); 0% (mais de 1 ano)
Imputáveis directamente ao OIA
1Comissão de Gestão (Taxa Anual Nominal) 0,75%
2Comissão de Depósito (Taxa Anual Nominal) 0,75%
Taxa de Supervisão (Mensal) 0,0026%
Outros Custos O OIA suporta custos de transacção e de auditoria


1A comissão de gestão é de 0,75% ao ano, cobrada mensal e postecipadamente no primeiro dia útil do mês seguinte e calculada diariamente sobre o valor líquido global do Fundo, antes das comissões de gestão e depósito.

2A comissão de depósito é 0,75% ao ano, destinada a cobrir todos os encargos inerentes ao desempenho da função de depositário. Esta comissão é calculada diariamente sobre o valor líquido global do Fundo antes da comissão de gestão, sendo a sua liquidação mensal e postecipada no primeiro dia útil do mês seguinte.

Quais são os benefícios fiscais do AR PPR?

Regime Fiscal Aplicável aos Participantes


Reembolso < 5 anos Entre 5 e 8 anos > 8 anos
Condições previstas na Lei 8%1 8%2 8%2
Em qualquer outro caso
(Resgate possível a qualquer momento)
21,5% 17,2%
(taxa de 21,5% sobre 4/5 do rendimento)
8,6%
(taxa de 21,5% sobre 2/5 do rendimento)


1 Resgate possível nos seguintes casos:
a) Desemprego de longa duração do Participante ou de qualquer um dos membros do agregado familiar (se ocorrido em data posterior à data de cada entrega);
b) Incapacidade permanente para o trabalho do Participante ou de qualquer um dos membros do agregado familiar (se ocorrido em data posterior à data de cada entrega);
c) Doença grave do Participante ou de qualquer um dos membros do agregado familiar (se ocorrido em data posterior à data de cada entrega).


2 Resgate possível nos seguintes casos:
a) Reforma por velhice;
b) Desemprego de longa duração do Participante ou de qualquer um dos membros do agregado familiar;
c) Incapacidade permanente para o trabalho do Participante ou de qualquer um dos membros do agregado familiar;
d) Doença grave do Participante ou de qualquer um dos membros do agregado familiar;
e) A partir dos 60 anos de idade;
f) Utilização para pagamento de prestações de contratos de crédito garantidos por hipoteca sobre imóvel destinado a habitação própria e permanente do Participante;
g) Frequência ou ingresso do participante ou de qualquer dos membros do seu agregado familiar em curso do ensino profissional ou do ensino superior, quando geradores de despesas no ano respectivo.


Para entregas anteriores a 31/12/2005 a tributação é de apenas 4%.

Como posso subscrever o AR PPR?

Para subscrever o AR PPR junto do Banco Invest é necessário tornar-se cliente, abrindo uma conta à ordem. Para isso, inicie o processo de abertura de conta através do nosso site em Abertura de Conta, dirija-se à nossa Sede em Lisboa (Amoreiras) ou a qualquer um dos nossos Centros de Investimento (Lisboa, Porto, Leiria e Braga).
O provisionamento da Conta pode ser feito transferindo o seu PPR.

Consultar FAQ - Abertura de Conta

Quais são as condições de resgate?

O resgate do PPR pode ser realizado a qualquer momento. No limite, pode mesmo ser resgatado no dia posterior à subscrição. Mesmo neste caso, a sua fiscalidade é mais atractiva do que em outros produtos financeiros, tais como os Depósitos, as Obrigações e as Acções, entre outros.

Os Participantes poderão, a seu pedido, efectuar o reembolso do valor capitalizado do Fundo contudo, para usufruir dos benefícios fiscais máximos atribuídos aos PPR, as condições de resgate são as seguintes:

- Reforma por velhice do Participante;
- Desemprego de longa duração do Participante ou de qualquer um dos membros do agregado familiar;
- Incapacidade permanente para o trabalho do Participante ou de qualquer um dos membros do agregado familiar, qualquer que seja a causa;
- Doença grave do Participante ou de qualquer um dos membros do agregado familiar;
- A partir dos 60 anos de idade;
- Frequência ou ingresso do Participante ou de qualquer dos membros do seu agregado familiar em curso do ensino profissional ou do ensino superior, quando geradores de despesas no ano respectivo;
- Utilização para pagamento de prestações de contratos de crédito garantidos por hipoteca sobre imóvel destinado a habitação própria e permanente do Participante.

Decorrido o prazo de cinco anos após a data da primeira entrega, o Participante pode exigir o reembolso da totalidade do valor do PPR, se o montante das entregas efectuadas na primeira metade de vigência do contrato representar, pelo menos, 35% da totalidade das entregas.

Ver informações detalhadas sobre a Fiscalidade

ACESSO INVEST ONLINE
Este site utiliza cookies para funcionar correctamente. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. SABER MAIS Concordo